Buscar
Buscar

Fonte ATX

Produtos encontrados: 361 Resultado da Pesquisa por: em 7 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 361 Resultado da Pesquisa por: em 7 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Processador, placa-mãe, memória, placa de vídeo... Todos esses componentes são sempre priorizados no momento de montar ou escolher um novo PC. Um erro que deve ser evitado, no entanto, é escolher todas essas peças e se esquecer da fonte ATX, componente importante tanto para o desempenho do computador, quanto para a vida útil de cada peça.

Entenda qual é a importância de escolher a fonte de alimentação correta para seu PC, as vantagens de optar por uma fonte modular e mais!

Fonte ATX: a importância de escolher a fonte correta para seu PC

Placas, drives e todos os hardwares que compõem um PC exigem uma determinada quantidade de energia para funcionar corretamente. O papel da fonte ATX é enviar essa energia de forma adequada para cada componente, além de filtrar a corrente e atenuar os picos de tensão.

Na prática, a fonte ATX converte os 110V ou 220V da rede elétrica para os 12V, 5V e 3,3V fornecidos em suas diferentes saídas. Geralmente, as saídas de 3,3V e 5V são direcionadas a componentes menores, como chips de memória. Já as saídas de 12V são utilizadas por componentes que demandam mais energia, como HDs e drives de DVD, por exemplo.

Existem, ainda, dispositivos com voltagens menores, como as memórias RAM do tipo DDR3. Nestes casos, os reguladores presentes na placa-mãe convertem a voltagem de uma das saídas da fonte ATX para a tensão necessária ao componente.

O padrão de fonte de alimentação dos computadores em geral é ATX, entretanto, existem outros padrões, como o EATX, o micro ATX e o mini ITX, por exemplo. Para os entusiastas que irão montar um novo PC, é importante ter em mente que tanto a placa-mãe quanto o gabinete escolhidos devem seguir o mesmo padrão da fonte de alimentação.

Fonte ATX: entenda os watts reais

Toda fonte ATX possui uma capacidade de fornecimento de energia medida em watts. Na hora de escolher um modelo para a sua máquina, é necessário ficar atento aos watts reais, ou seja, à capacidade real das saídas de 3,3V, 5V e 12V.

Geralmente, a capacidade anunciada para uma fonte ATX é a soma das capacidades em suas saídas. Uma fonte de 450W, que fornece 32 amperes na saída de 3,3V, 35 amperes na saída de 5V e 14 amperes na saída de 12V, na realidade, oferece 105,6W na saída de 3,3V, 175W na saída de 5V e 168W na saída de 12V. Para chegar a esses valores reais, basta multiplicar a amperagem pela tensão de cada saída. Os 450W especificados nas informações da fonte ATX, portanto, são um valor arredondado da soma das três saídas, o que é conhecido como watts nominais.

Dessa forma, no momento de escolher uma nova fonte, o ideal é analisar os watts reais, não os watts nominais.

Fonte ATX: vantagens da fonte modular

No momento de escolher a sua fonte ATX, você pode optar por um modelo convencional ou por um modelo de fonte modular. Em relação à performance dos dois tipos, não há diferença, o que muda é a organização e a circulação do ar dentro do gabinete.

No modelo convencional, toda a fiação já vem embutida na fonte e não há possibilidade de remover os cabos que não serão utilizados no PC. Isso faz com que os cabos sem uso fiquem ocupando espaço e atrapalhando a circulação de ar dentro da máquina.

A fonte modular, por outro lado, possui slots para plugar os cabos conforme o uso. Isso evita que cabos desnecessários fiquem acumulados e ajuda a melhorar a circulação dentro da máquina.

Fonte gamer: como escolher?

Com uma configuração mais específica, o PC gamer precisa de uma fonte ATX que suporte todos os componentes de forma adequada. Neste caso, é indicado que se evite uma fonte genérica, pois ela raramente irá entregar a potência necessária para o funcionamento dos componentes escolhidos para sua máquina.

Para escolher a melhor fonte para PC gamer, o indicado é olhar as especificações de todos os componentes escolhidos. Normalmente, os fabricantes indicam quantos watts o componente consome sozinho e quantos watts deve ter a fonte ATX.

A dica para os entusiastas é sempre deixar uma folga para picos de processamento, então, se o conjunto for consumir 359W, dê preferência a uma fonte que entregue 450 watts reais.

Agora que você já sabe como escolher a melhor fonte ATX para o seu PC, confira todos os modelos oferecidos pela WAZ!